FAQ

COMPRA

Em caso de dúvida, clique aqui e escolha as respostas que melhor atendem as suas necessidades. Após finalizar a seleção, você será direcionado automaticamente ao Certificado Digital que atenderá o seu objetivo.

Para emitir  2ª via do boleto, acesse ao link a seguir e preencha os campos solicitados com o e-mail e senha cadastrados durante a solicitação.
https://checkout.certisign.com.br/vendas/faces/pages/invoke/cadastro.xhtml

Sim. O pagamento pode ser parcelado no cartão de crédito em até 3x sem juros.

Não. Antes de efetuar nova compra de Certificado Digital é preciso realizar a alteração do representante legal da empresa na Receita Federal do Brasil. Logo após este processo será possível comprar um novo Certificado Digital em nome da empresa e realizar nova validação.

  • Não, o Certificado Digital é um documento eletrônico de uso pessoal e intransferível. Uma vez emitido em nome do seu titular, o Certificado Digital não pode ser alterado em nenhuma hipótese. Outro Certificado Digital deve ser adquirido para o novo representante legal da empresa e o Certificado do antigo responsável deve ser revogado, caso ele não tenha mais poderes para representar a sociedade. Se o Certificado Digital for um e-CNPJ, o novo representante da empresa deverá estar devidamente cadastrado nos sistemas da Secretaria da Receita Federal, uma vez que o e-CNPJ somente pode ser emitido em nome do representante da sociedade perante a Secretaria da Receita Federal. Ou seja, em caso de troca de representante legal da empresa, em primeiro lugar, você deverá realizar a substituição do antigo representante pelo novo representante legal nos sistemas da Secretaria da Receita Federal.

Se o pagamento for realizado via boleto bancário, é imprescindível aguardar dois dias úteis para agendar a validação presencial. Este é o prazo em que o banco realiza a compensação e confirma o pagamento à Certisign.

Caso o pagamento tenha sido realizado via cartão de crédito, solicitamos que a validação seja agendada para um dia útil após o pagamento. Este é o prazo em que o banco e a operadora do cartão de crédito realizam a compensação e envia a confirmação à Certisign.

É necessária a compra de uma mídia avulsa (Token/Cartão Inteligente), que pode ser adquirida aqui. A mídia avulsa poderá ser retirada em um Ponto de Atendimento a sua escolha, durante o processo de compra, ou poderá ser enviada via correio.

A mídia estará disponível no Ponto de Atendimento após dois dias úteis, caso o pagamento tenha sido efetuado por meio do boleto bancário. Ou aguarde um dia útil, se o pagamento for realizado por meio de cartão de crédito. Estes são os períodos em que o banco e/ou administradora de cartão de crédito confirmam o pagamento à Certisign.

O e-mail cadastrado no momento da solicitação será o canal de comunicação entre a Certisign e o titular do Certificado Digital. Por isso, é necessário utilizar um e-mail válido do titular.

O processo de compra com voucher é semelhante ao de compra sem voucher. Na etapa “forma de pagamento”, opte por voucher e insira o código do seu vale presente.

VALIDAÇÃO

validação presencial é o momento da confirmação da identidade do titular solicitante do Certificado Digital, seja este para pessoa física ou jurídica. Ou seja: é a ocasião em que se comprova a veracidade dos dados informados no momento da solicitação do Certificado Digital, por meio da presença do titular e a apresentação dos documentos obrigatórios.

O Certificado Digital é um documento de identificação. Portanto, a Certidigi, como uma Autoridade Certificadora, precisa comprovar a veracidade das informações inseridas na solicitação do Certificado Digital, conforme determinam as normas da ICP-Brasil, por isso é necessária a validação presencial, que pode ser realizada em um Ponto de Atendimento a sua escolha ou validação em domicilio, sujeito a disponibilidade.

Não, a normativa que regula a atividade da Certificação Digital do Brasil não permite.
Durante a validação presencial ficará documentada a autenticidade das informações fornecidas durante a solicitação do Certificado Digital. Inclusive, endereço do responsável pelo Certificado Digital.

O agendamento é importante para evitar filas e agilizar o atendimento.

Não. Por questões de qualidade, é necessário o agendamento prévio, conforme explicado na questão anterior.

Existem duas maneiras de realizar a validação presencial para a emissão do Certificado Digital:

1) Em um dos Pontos de Atendimento – serviço gratuito;
2) Onde você preferir – serviço sujeito a disponibilidade e com preço consulta.

São Paulo: 11 3478-9444
Demais localidades: 0300 -789-2378

Agende a validação presencial dois úteis após a realização do pagamento efetuado por meio de boleto bancário. Caso o pagamento tenha sido realizado no cartão de crédito, agende para 1 dia útil após da data de pagamento. Estes são os períodos em que o banco e/ou administradora de cartão de crédito confirmam o pagamento à Certisign. Sem esta confirmação, não é possível realizar a validação, mesmo de posse do comprovante impresso.

Certificado Digital – Pessoa Física 
Não é aceito nenhum tipo de procuração.

Certificado Digital – Pessoa Jurídica
A procuração é aceita somente para a representação do responsável pelo Certificado Digital, desde que o ato constitutivo da empresa não vede tal ação. As procurações devem ser públicas, lavradas em cartório e deverão ser específicas para atuar perante ICP Brasil.

Conforme resolução 79 do Comitê Gestor da Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP – Brasil), publicada no Diário Oficial da União em 07 de junho de 2010, para “comprovar que a pessoa física que se apresenta como responsável pelo uso do certificado ou como representante legal é realmente aquela cujos dados constam na documentação apresentada, é admitida a procuração somente para a representação do titular do Certificado Digital, ou seja, o(s) representante(s) legal (is) da Pessoa Jurídica solicitante, apenas se o ato constitutivo prever expressamente tal possibilidade, devendo-se, para tanto, revestir-se da forma pública com poderes específicos para atuar perante ICP – Brasil” (item 3.1.1.1, alínea “a”, item i do DOC-ICP-05, versão 3.4).

Atenção: No caso de Certificados e-CNPJ, o representante legal da empresa perante a Receita Federal do Brasil não poderá ser representado por procuração.

Solicite a validação presencial por um de nossos agentes de registro no local em que você preferir. Este serviço está sujeito à disponibilidade e possui preço sob consulta.

São Paulo: 11 3478-9444
Demais localidades: 0300-789-2378

Sim. Para o agendamento, entre em contato com o nosso Serviço de Atendimento ao Cliente – SAC e solicite um orçamento prévio para a realização do serviço.

São Paulo: 11 3478-9444
Demais localidades: 0300-789-2378

Sim. Entre em contato com o nosso Serviço de Atendimento ao Cliente – SAC e solicite um orçamento prévio para a realização do serviço.

São Paulo: 11 3478-9444
Demais localidades: 0300-789-2378

Não. A validação presencial em um Ponto de Atendimento é gratuita.

EMISSÃO

1º Prepare o computador: para esta etapa, você precisa utilizar no computador os sistemas operacionais Windows XP/Vista/7/8/8.1/10. É preciso também que você tenha conexão à internet e permissão para instalar e desinstalar programas.

Clique aqui e siga as instruções.

Este processo deve ser repetido em todos os computadores em que você for utilizar o seu Certificado Digital.

2º Emita o Certificado Digital: é necessário conectar a mídia no computador, ter em mãos o Código de Emissão 1 e ter recebido o e-mail “Aprovação de Pedido”, onde você encontrará o Código de Emissão 2 e o link para a emissão do Certificado Digital.

Considere até 3 (três) dias uteis para receber o e-mail “Aprovação do Pedido” após a realização da apresentação da documentação com sucesso.

  • Clique no link de emissão recebido no e-mail (caso ocorra algum erro, copie o link e cole direto na barra de endereço do navegador).
  • Preencha os campos com o Código de Emissão 1, que você recebeu impresso no momento da apresentação dos documentos/validação presencial e o Código de Emissão 2, recebido no e-mail de “Aprovação de Pedido”. Siga as próximas etapas.
  • Em seguida, realize um teste e verifique se o Certificado Digital está pronto para o uso.

Código de Emissão 1 – foi entregue impresso após a apresentação dos documentos/validação presencial.

  • Caso tenha perdido do Código de Emissão 1, compareça ao Ponto de Atendimento onde foi apresentada a documentação do seu Certificado Digital, para a retirada de um novo código. Para a sua segurança, este código não pode ser informado por e-mail ou telefone.

Código de Emissão 2 – enviado no e-mail “Aprovação do Pedido”. O mesmo em que você recebeu o link para a emissão.

  • Caso não localize o e-mail “Aprovação de Pedido” com o Código de Emissão 2, entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente – SAC.

O próximo passo é emitir o Certificado Digital. O A1 é emitido e automaticamente armazenado no computador. O processo de emissão é simples, mas atenção: a emissão somente pode ser realizada nos navegadores Internet Explorer (8, 9, 10 e 11) e Google Chrome.

Após a etapa de emissão, é possível utilizá-lo também no navegador Mozilla Firefox.

Para realizar esta etapa, é preciso:
Permissão para instalar e desinstalar programas.
O Código de Emissão 1 e ter recebido o e-mail “Aprovação de Pedido”, onde você encontrará o Código de Emissão 2 e o link para a emissão do Certificado Digital. Considere até 3 (três) dias uteis para receber o e-mail após a realização da apresentação da documentação com sucesso.
Passo a passo
Clique no link de emissão recebido no e-mail (caso ocorra algum erro, copie o link e cole direto na barra de endereço do navegador).
Preencha os campos com o Código de Emissão 1, que você recebeu impresso no momento da apresentação dos documentos/ validação presencial e o Código de Emissão 2, recebido no e-mail de aprovação. Siga as próximas etapas.
Em seguida, realize um teste e verifique se o Certificado Digital está pronto para o uso.

*Sugerirmos que leia o item 7 desta seção.

Este arquivo é a cópia do seu Certificado Digital, que é gerada automaticamente na área de trabalho após a emissão. Note que o nome deste arquivo é o número do seu pedido. Para a sua segurança, transfira esta cópia para um local seguro (CD ou pen drive).

A cópia de segurança também pode ser importada para outro computador usando a senha criada no momento da emissão. Por determinação da legislação, a Certisign não possui cópia do seu Certificado Digital.

Sim. As mídias comportam até 3 Certificados Digitais, dependendo do tipo.

Os sistemas homologados para a emissão de certificados são Windows 7,8,8.1 e 10, para a utilização do certificado, além dos sistemas Windows são homologadas as versões do MacOS (10.6 á 10.10).

UTILIZAÇÃO

Sim, as versões 10.6 e 10.7 são homologadas para utilização do certificado.

Esta senha serve para revogar o certificado em caso de roubo ou perda da mídia criptográfica que armazena o certificado.

Se desejar que o Certificado Digital A1 tenha senha de utilização é necessário importar a cópia de segurança, que foi criada na área de trabalho no momento da emissão, para o navegador.

O procedimento para importação com uma senha adicional pode ser realizado nos navegadores Internet Explorer e Google Chrome. Veja o passo a passo.

Internet Explorer
Localize o arquivo da cópia de segurança e clique 2 vezes sobre o arquivo. Abrirá a janela do “Assistente para importação de Certificados”. Clique em AVANÇAR.
Selecione o Certificado Digital a importar e clique em AVANÇAR.
Informe a senha cadastrada no momento da criação do backup do Certificado Digital e selecione a opção “Marcar a chave particular como exportável” e “Ativar proteção de Chaves privadas fortes”. Clique em AVANÇAR.
Selecione a opção “Selecionar automaticamente o armazenamento de certificado conforme o tipo de certificado”. Clique em AVANÇAR e em seguida em CONCLUIR.
Será exibido o alerta “Um aplicativo está solicitando o acesso a um item protegido” onde as chaves serão importadas. Clique em “Definir Nível de Segurança”.
Selecione a opção ALTO. Clique em AVANÇAR.
Crie a senha de utilização. Clique em CONCLUIR e em seguida em OK.
Google Chrome
Abra o navegador e no menu clique em CONFIGURAÇÕES.
Em seguida, clique em CONFIGURAÇÕES AVANÇADAS.
Clique em GERENCIADOR DE CERTIFICADOS.
Clique em IMPORTAR. Abrirá a janela do “Assistente para importação de Certificados”. Clique em AVANÇAR.
Selecione o Certificado Digital a importar e clique em AVANÇAR.
Informe a senha cadastrada no momento da criação do backup do Certificado Digital e selecione a opção “Marcar a chave particular como exportável” e “Ativar proteção de Chaves privadas fortes”. Clique emAVANÇAR.
Selecione a opção “Selecionar automaticamente o armazenamento de certificado conforme o tipo de certificado”. Clique em AVANÇAR e em seguida em CONCLUIR.
Será exibido o alerta “Um aplicativo está solicitando o acesso a um item protegido” onde as chaves serão importadas. Clique em “Definir Nível de Segurança”.
Selecione a opção ALTO. Clique em AVANÇAR.
Crie a senha de utilização. Clique em CONCLUIR e em seguida em OK.

Caso apareça a tela abaixo no momento de alguma atualização do Windows, clique em “Desinstalar”.

Aguarde a remoção do Gerenciador Safesign.

Clique em “Instalar” para prosseguir com a atualização de seu Windows.

Após o sistema ser reiniciado automaticamente, reinstale o Safesign através dos links abaixo:

RENOVAÇÃO

A data de validade do seu Certificado Digital pode ser verificada na Central de Testes da Certisign, desde que o certificado esteja conectado/instalado no computador.

Sim, o Certificado Digital é um documento eletrônico que possui validade, assim como a Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Identidade, Passaporte etc.

Sim. Tanto para solicitar a renovação, quanto para emitir o Certificado Digital a ser renovado, o prazo é a data limite da validade do Certificado em questão.

Tenha atenção aos prazos. Lembre-se: o processo de renovação somente é concluído após a emissão do Certificado Digital.

Neste caso, será necessário realizar o procedimento de uma nova solicitação (sem custos) e o comparecimento para a validação presencial do novo certificado. Entre em contato com o nosso Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) para ter acesso ao passo a passo.  

Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) Certisign
sac@certisign.com.br | (11) 3478.9444 (São Paulo) ou 0300 789 2378 (para todo o Brasil)
Horário de atendimento: segunda a sexta, das 8h às 20h.

Para quem:

Processo

Validação eletrônica
  • possui um Certificado Digital válido;
  • possui Certificado Digital tipo A1 ou A3;
  • fez a última validação dos documentos de forma presencial;
  • possui mídia criptográfica compatível com o novo padrão V2 (apenas Certificados A3).
Você solicita a renovação e se identifica de forma eletrônica utilizando o Certificado Digital válido. Todo o procedimento é on-line. Ou seja: isenta a necessidade da reapresentação dos documentos presencialmente.
Validação eletrônica,com aquisição de mídia criptográfica
  • possui um Certificado Digital válido;
  • possui Certificado Digital tipo A3;
  • fez a última validação dos documentos de forma presencial;
  • não possui mídia compatível com o novo padrão V2 ¿ maioria dos clientes.
Você solicita a renovação e se identifica de forma eletrônica utilizando o Certificado Digital válido. Todo o procedimento de renovação é feito on-line, mas a retirada da mídia deve ser feita em um Ponto de Atendimento ou é possível solicitar a entrega via Correios. Obs: para a retirada da mídia, não precisa ser o titular do Certificado Digital.
Validação presencial
  • possui Certificado Digital dentro da validade ou expirado;
  • possui Certificado Digital tipo A1 ou A3;
  • realizou a última validação de forma eletrônica;
  • possui mídia criptográfica compatível com os padrões V1 ou V2 (apenas Certificados A3).
Você solicita a renovação de forma on-line e se identifica de forma presencial em um dos Pontos de Atendimento (gratuito). Se preferir,
vamos até você em qualquer localidade do Brasil ou exterior (preço sob consulta).
Validação presencial,com aquisição de mídia criptográfica
  • possui Certificado Digital dentro da validade ou expirado;
  • possui Certificado Digital tipo A3;
  • realizou a última validação de forma eletrônica;
  • não possui mídia criptográfica compatível com o V2.
Você solicita a renovação de forma on-line e se identifica de forma presencial em um dos Pontos de Atendimento (gratuito) para a validação dos documentos e retirada da mídia criptográfica. Caso prefira, vamos até você em qualquer localidade do Brasil ou exterior (preço sob consulta).

Notas:
Durante o processo de solicitação de renovação on-line será realizado teste para a verificação do seu tipo mídia criptográfica. Você será redirecionado automaticamente para a etapa que atende suas necessidades.
Validação eletrônica é a geração de um novo par de chaves utilizando um Certificado Digital válido para a comprovação do titular. Somente é possível realizar a validação eletrônica quando a validação anterior ocorreu de forma presencial.
Validação presencial é o momento em que o titular do Certificado Digital se apresenta munido de documentos e comprovantes a um agente de validação do âmbito da ICP-Brasil.
A validação presencial pode ser realizada em um dos Pontos de Atendimento (serviço incluso no preço da renovação) ou vamos até você em qualquer localidade do Brasil ou exterior (serviço sujeito a disponibilidade e com preço sob consulta).

São Paulo: 11 3478-9444
Demais localidades: 0300 – 789 – 2378

Devido a Resolução nº 65 da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil, desde janeiro de 2012, as Autoridades Certificadoras brasileiras devem obrigatoriamente emitir Certificados Digitais no novo padrão V2. São Certificados Digitais tecnologicamente mais avançados que a versão anterior, pois passaram de 1.024 para 2.048 bits.

As mídias da versão anterior V1 não suportam a capacidade computacional do novo padrão V2. Desta forma, é necessária a aquisição de uma nova mídia. A maioria dos Certificados Digitais a serem renovados foram emitidos antes de 2.012 e, portanto, terão que ser renovados em uma nova mídia criptográfica padrão V2.

Fique tranquilo. Durante o processo de renovação será realizado teste para a verificação se a sua mídia é compatível com o padrão V2. Você será redirecionado automaticamente para a etapa que atende as suas necessidades.

Não. O sistema Mac OS não é compatível com o processo de solicitação de renovação. Se este é o seu sistema operacional, você deve plugar o seu Certificado Digital em um computador com sistema operacional Windows para solicitar a renovação do seu Certificado Digital. Depois de emitido, o Certificado Digital pode ser utilizado no seu MAC OS.

Não. A renovação com validação eletrônica é exclusiva para certificados de pessoa física, limitada a uma ocorrência precedida por uma validação presencial para a emissão do Certificado Digital.

Para a renovação de certificados de pessoa jurídica, você deve realizar a solicitação de renovação através do nosso site e posteriormente comparecer em um posto de atendimento para a validação presencial.

Renovação com validação eletrônica: você poderá alterar seu e-mail e o optar por um novo tipo de mídia (Cartão/Token). Qualquer outra alteração não será considerada como renovação, mas, sim, a compra de um novo Certificado Digital.

Renovação com validação presencial: você poderá alterar todos os dados cadastrais e optar pelo tipo A1 ou A3, escolher uma nova mídia criptográfica e definir a validade para o seu Certificado Digital.

Este erro é causado porque já existe um pedido de renovação com o pagamento em aberto. Para ter acesso à segunda via do boleto, clique aqui.

Caso não consiga gerar o boleto, entre em contato com nosso Serviço de Atendimento ao Consumidor: sac@certisign.com.br.

Este erro é significa que você está tentando renovar o Certificado Digital sem tê-lo instalado no computador. Verifique se o Certificado Digital está plugado.

Para realizar a renovação é necessário que você utilize um dos seguintes navegadores: Internet Internet Explorer 8, 9, 10 ou 11, Chrome ou Firefox, desde que seja no sistema operacional Windows.

O sistema Mac OS não é compatível com o processo de solicitação de renovação. Se este é o seu sistema operacional, você deve plugar o seu Certificado Digital em um computador com sistema operacional Windows para solicitar a renovação do seu Certificado Digital. Depois de emitido, o Certificado Digital pode ser utilizado no seu MAC OS.

Recomendamos que o Certificado Digital seja renovado 45 dias antes do vencimento.
Se você não é o titular do Certificado Digital e tem a responsabilidade do controle dos prazos de expiração, atenção redobrada quanto às datas, pois a validação presencial exige que o titular esteja presente. Atenção a férias e compromissos que possam dificultar este processo.

PRODUTOS

O Certificado Digital é a identidade no meio eletrônico, que permite realizar diversos serviços na esfera digital, com validade jurídica, agilidade, facilidade de acesso e substancial redução de custos.

O Certificado Digital e-CPF é a versão eletrônica do CPF que garante autenticidade e integridade nas transações eletrônicas de Pessoas Físicas. O e-CPF permite ao titular acesso a todos os serviços oferecidos pelo governo federal na internet, como o programa e-CAC, da Receita Federal do Brasil, e o programa Conectividade Social para FGTS*.

*Exige que seja apresentado no momento da validação o CEI – Cadastro Específico do INSS

Trata-se da versão eletrônica do CNPJ. É utilizado para a autenticação em sistemas públicos ou privados em nome da empresa – Pessoa Jurídica – titular do Certificado Digital. Com este documento, por exemplo, é possível se comunicar com a Receita Federal do Brasil para enviar declarações de imposto de renda ou ainda acessar o sistema Conectividade Social para FGTS*.

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um Certificado Digital criado especialmente para emitir notas fiscais eletrônicas e atribuir ao funcionário responsável da organização a alçada necessária para a emissão e gerenciamento da NF-e.

O e-CNPJ Certisign possibilita a sua empresa fazer procurações, utilizar o Conectividade Social, ter acesso ampliado no site da Receita Federal e a uma quantidade cada vez maior de serviços em instituições públicas e privadas. Já o NF-e foi criado especialmente para a emissão segura da nota fiscal eletrônica.

Outra diferença é a titularidade. O responsável pelo Certificado Digital e-CNPJ sempre será o responsável pelo CNPJ da empresa cadastrado junto à Receita Federal do Brasil. No caso da NF-e, os funcionários e sócios que emitem notas fiscais eletrônicas podem ter um NF-e para cada. Neles, constarão o CNPJ da empresa e o CPF do responsável pela emissão.

Com o e-CNPJ também é possível emitir nota fiscal eletrônica. Mas não é o mais indicado se na sua empresa o responsável pelo e-CNPJ não é o único a emitir notas fiscais eletrônicas. Se este for o seu caso, utilize o Certificado Digital NF-e, que foi desenvolvido exclusivamente para a emissão de notas fiscais.

É um Certificado Digital emitido apenas para advogados regularmente inscritos na Ordem dos Advogados do Brasil. Por meio do documento eletrônico, o profissional pode dar andamento a diversos processos sem a necessidade de locomoção, como, por exemplo, visualizar autos e realizar o Peticionamento Eletrônico (PJ-e).

Para mais informações sobre este produto, acesse: www.acoab.com.br.

CERTIFICADO SSL

Certificados SSL são Certificados Digitais para identificar sites. Ao identificar, garantem autenticidade, privacidade e integridade na transmissão dos dados, proporcionando aos visitantes a garantia de que estão realmente acessando um site “original” e não a uma cópia operada por fraudadores. Isto é possível graças ao protocolo de segurança SSL (Secure Sockets Layer), tecnologia que codifica os dados em tráfego entre o computador do usuário e o servidor responsável pelo site.

Os Certificados SSL são esperados pelos internautas em sites que solicitam dados confidenciais, como informações de identidade e número de cartão de crédito.

O Certificado SSL é um arquivo instalado no servidor web onde no site está hospedado. É composto por dois segmentos:

– Chave Pública, que codifica os dados;
– Chave Privada, que decodifica os dados.

Quando o internauta acessa um site, o navegador se conecta ao servidor protegido pelo Certificado SSL e uma seção única é criada com estas duas chaves. Desta forma, todos os dados durante esta seção estarão protegidos e não poderão ser decifrados por qualquer outra parte, além do internauta e o servidor.

A Certidigi comercializa dois tipos de Certificado Digital SSL, e as diferenças estão no processo de autenticação das credenciais.

  • Autenticação de Domínio (domain authetication) – a Autoridade Certificadora apenas valida se a empresa solicitante do Certificado SSL é proprietária do domínio configurado na solicitação do Certificado ou se há autorização da proprietária do domínio para a realização da validação. A validação é feita com base nos dados cadastrados na entidade responsável pelo registro de domínio.
  • Autenticação da Organização (Org. Authetication) – a Autoridade Certificadora valida se a empresa solicitante do Certificado SSL é proprietária do domínio configurado na solicitação do Certificado, se a entidade é legalmente constituída e se a pessoa que solicitou Certificado tem poder para efetuar o pedido.

Se o seu site envia ou recebe informações pessoais, é necessário proteger a sua plataforma. Hoje, os internautas já têm o hábito de conferir se o site é seguro antes de seguir com a navegação. Proteger o seu site é fator decisório entre pesquisas de preços e compras efetivas.

Os Certificados SSL da Certisign são compatíveis com 99,9% dos navegadores atuais.

Porque é a ética e os processos da Autoridade Certificadora que faz a diferença na segurança da sua plataforma. Quando você tem um Certificado SSL emitido por uma Autoridade Certificadora séria, adiciona valor a sua marca e conquista a confiança dos seus clientes.

Sem contar que para internautas exigentes a marca do Certificado SSL tem o mesmo efeito de roupas de grife: expõe que o seu negócio é sofisticado.

Os visitantes podem clicar no ícone do cadeado na caixa de endereço do navegador e uma nova janela aparece com informações sobre o seu Certificado Digital. Outro sinal é o Selo de Segurança. No caso da Certisign, concedemos o direito de uso do Selo Site Seguro, que é sinônimo de confiança na web.

A CSR (Certificate Signing Request) é um arquivo de requisição do Certificado Digital gerada no servidor web onde o site está hospedado. É por meio das informações da CSR que o Certificado Digital é gerado.

O primeiro passo na instalação do Certificado SSL é a geração da CSR.

  • Organization (O): deve ser preenchido com o Nome Empresarial (antiga Razão Social), sem abreviações ou omissões, conforme consta no cartão do CNPJ.
  • Organization Unit (OU): deve ser preenchido com o departamento válido da empresa ou com o Nome Empresarial, assim como o campo Organization. Caso seja emitido mais de um Certificado para o mesmo Common Name (CN), este campo deverá ser diferente em cada um dos Certificados. EXEMPLO: Departamento de Segurança.Importante: o preenchimento deste campo não é obrigatório. Porém, uma vez preenchido, passará pelo processo de autenticação.
  • Locality (L): deve ser preenchido com o nome por extenso da cidade onde a empresa está localizada SEM acentuação gráfica. EXEMPLO: Sao Paulo
  • State (ST): deve ser preenchido com o nome por extenso do estado onde a empresa está localizada SEM acentuação gráfica. EXEMPLO: Sao Paulo
  • Country (C): deve ser preenchido com a sigla do país onde a empresa está localizada. Utilizar letras maiúsculas. EXEMPLO: BR

 

A CSR deve ser gerada com o tamanho de chave de 2048 bits. Para obter mais informações sobre o procedimento de geração da CSR, clique aqui.

Caso sua empresa não seja responsável pela hospedagem do seu site, solicite o arquivo de requisição CSR para o seu serviço de hospedagem.

Encaminhe seu arquivo de requisição de Certificado Digital para análise do nosso Suporte Técnico por meio do email   suporte@certidigi.com.br.

Os Certificados SSL Certisign possuem Validação de Organização (fully authenticated) e são os mais indicados, pois, além de certificarem que a empresa está legalmente constituída, asseguram que a mesma está em operação e que o domínio do Certificado é de sua propriedade.

Ao adquirir um dos Certificados Digitais SSL Certisign, além do direito de aplicação do Selo Seguro Certisign, sinônimo de segurança na web, a Certisign ainda oferece, gratuitamente, serviços que variam de acordo com a aquisição. Entre os serviços estão:

  • Avaliação de Vulnerabilidade – para mensurar os pontos frágeis do site;
  • Malware Scanning – para evitar que o portal entre na lista negra de provedores de busca e redução do risco de propagação de vírus no sistema;
  • Seal in Search – este serviço ajuda o site a ocupar um lugar de destaque em provedores de pesquisa e ainda apoia o aumento do tráfego no portal, já que o selo deste serviço representa confiabilidade na web.

Para obter instruções na instalação do seu Certificado Digital, clique aqui.

Acesse os hiperlinks a seguir, de acordo com o Certificado SSL adquirido.
Site Seguro
Site Seguro Pro
Ev SSL
Ev SSL Pro

Para ter acesso ao procedimento de exportação, clique aqui.

Em caso de esquecimento ou perda da frase de identificação criada na solicitação do Certificado Digital, a revogação só poderá ser realizada por meio de uma Carta de Revogação.

Solicite o modelo de carta escrevendo para validacao@certidigi.com.br.
Posteriormente, a carta deve ser enviada para o mesmo endereço.

A Certidigi, ciente da vulnerabilidade do sistema OpenSSL, chamada de Heartbleed, que permite o acesso a informações confidenciais, informa que esta falha não está relacionada ao protocolo de segurança SSL dos Certificados Digitais Site Seguro e suas versões Pro e EV, comercializados pela empresa.
As versões vulneráveis do sistema OpenSSL são:

  • Debian Wheezy (stable), OpenSSL 1.0.1e-2+deb7u4
  • Ubuntu 12.04.4 LTS, OpenSSL 1.0.1-4ubuntu5.11
  • CentOS 6.5, OpenSSL 1.0.1e-15
  • Fedora 18, OpenSSL 1.0.1e-4
  • OpenBSD 5.3 (OpenSSL 1.0.1c 10 May 2012) e 5.4 (OpenSSL 1.0.1c 10 May 2012)
  • FreeBSD 10.0 – OpenSSL 1.0.1e 11 Feb 2013
  • NetBSD 5.0.2 (OpenSSL 1.0.1e)
  • OpenSUSE 12.2 (OpenSSL 1.0.1c)

Caso você utilize uma destas versões, recomendamos a reposição dos Certificados Digitais SSL Certisign/Symantec de seus sistemas vulneráveis e a atualização da plataforma OpenSSL .
Embora a falha não esteja em nossos produtos, os clientes Certisign terão direito a reposição gratuita do Certificado Digital SSL. O novo certificado será gerado com data de expiração igual ao do certificado a ser substituído.
Para isso, é necessário:

  • 1º passo: Atualize o OpenSSL para a versão 1.0.1g ou, se não for possível, recompile  o OpenSSL conforme as instruções do OpenSSL Project (https://www.openssl.org/news/secadv_20140407.txt)
  • 2º passo: Realize o update de seu servidor web (Apache, nginx) utilizando o OpenSSL 1.0.1g ou recompilado
  • 3º passo: Gere uma nova CSR. Clique aqui
  • 4º passo: Solicite a reposição do certificado. Clique aqui.
    ATENÇÃO: Não revogue o certificado atual antes de instalar o novo certificado
  • 5º passo: Após a instalação do certificado de reposição, remova o certificado inicial do servidor.
  • 6º passo: Certifique-se que o servidor está operando normalmente com o novo certificado.
  • 7º passo: Revogue o certificado gerado antes da atualização do OpenSSL.

Em caso de dúvidas, entre em contato com o nosso Suporte Corporativo: 11 3546 -3712 | suporte@certsign.com.br

Por determinação da CAB/Fórum, entidade internacional que padroniza e regula as práticas de mercado para Autoridades Certificadoras (ACs) e fabricantes de browser, desde 01 de novembro de 2015, as empresas que desejam proteger seus domínios internos e uso de Ip’s com o Certificado SSL deverão registrá-los nos órgãos especializados como por exemplo, o Registro.br ou Whois.

 

Essa mudança tem como objetivo intensificar a segurança do ambiente contra ataques, como o man-in-the-middle, que desvia os dados e os redireciona ao destinatário imperceptivelmente. Esse ataque ficou mundialmente conhecido após a NSA – National Security Agency – utilizá-lo para ter acesso aos dados de órgãos brasileiros.

Os Certificados Digitais para domínios internos e uso de Ip’s solicitados até setembro de 2014 somente poderão ser emitidos com 1 (um) ano de validade. E após o término da validade, terão que ser registrados para se adequarem a determinação da CAB/Fórum.

O DROWN, nome dado à nova falha, afeta servidores HTTPS e outros serviços que dependem de SSL e TLS. Acredita-se que 33% dos servidores HTTPS estejam vulneráveis, incluindo 25% dos maiores domínios HTTPS e 22% de todos os sites tidos como confiáveis pelos navegadores. Vale acrescentar que há o risco também aos servidores diferentes que compartilham a mesma chave pública, como ocorre com Certificados Wildcard. Nesse caso, se um deles usar SSLv2, os demais servidores que usem somente TLS também podem ser atacados.

O ataque explora as falhas de uma versão já antiga do SSL, mas ainda disponível, a SSLv2. O protocolo foi lançado na década de 1990 e já está obsoleto há um tempo, porém, ainda é encontrado em muitos servidores, seja por padrão, seja em razão de más configurações, negligência ou pela presença de dispositivos antigos.

A brecha quebra a criptografia e expõe comunicações e informações da web e de servidores de e-mail e VPNs, incluindo senhas, números de cartões de crédito, segredos industriais e outros dados sensíveis. Até máquinas que não usam SSLv2 estão vulneráveis se o servidor com o qual se comunicam suporta o protocolo antigo. O ataque usa as falhas da versão já aposentada para atacar a segurança de conexões feitas sob protocolos completamente diferentes.

A mantenedora da OpenSSL já disponibilizou uma atualização para lidar com o DROWN e outras vulnerabilidades em seu software de código aberto. O update desabilita o SSLv2 como padrão, bem como outras configurações fracas do SSLv3 e versões posteriores.

Como resolver esse problema?

Desabilite o suporte a SSLv2 nos servidores. Por padrão, ele já é desabilitado em servidores IIS 7.0 ou superiores.

Os pesquisadores disponibilizaram no site https://drownattack.com/ uma ferramenta de verificação se o seu site está vulnerável.

O Selo Site Seguro Certisign é uma imagem de confiança disponível para ser exibida em qualquer website que utilize algum dos serviços VeriSign para proteger a informação confidencial de seus clientes. Especialmente desenhado e testado para valores comunicacionais, o Selo Site Seguro Certisign indica aos compradores on line e a outros visitantes de seu website que sua organização elegeu a melhor solução SSL disponível no mercado para encriptar suas informações confidenciais.
Certifique-se de exibir o Selo Site Seguro Certisign e faça com que seus visitantes saibam que estão protegidos por um sistema de encriptação Certisign, líder mundial no segmento.
Com o surgimento de esquemas de fraude como o phishing, roubo de identidade e outros sistemas de delito on-line, o Selo Site Seguro Certisign tornou-se uma ferramenta indispensável aos esforços que você empreende para incrementar a percepção de segurança de seus clientes quando eles realizam negócios on-line através do seu website.
Uma recente pesquisa de mercado (InsightExpress) comprovou que 85% dos habitantes dos Estados Unidos estão preocupados porque podem ser vítimas de roubo de identidade. Na mesma amostra, 37% acreditam que o maior risco se verifica quando realizam compras on line pela Internet. 56% dos entrevistados afirmaram que se protegem do roubo de identidade, principalmente limitando suas compras ou outras operações à websites que consideram “reputáveis”.
O Selo Site Seguro, incluído em todos os certificados SSL da Certisign, é um dos símbolos de confiança mais reconhecidos na Internet. Através da exibição do selo em seu website seguro por meio de SSL, você transmite confiança aos seus visitantes, aumenta a quantidade daqueles que realizam compras on line, reduz a quantidade de clientes que abandonam sua intenção de comprar e melhora seu volume médio de compras.
A única coisa que você precisa fazer é copiar e colar um pequeno trecho de código em sua página web inicial e em qualquer outra página de seu site onde você deseja exibir o selo. Quando os visitantes clicarem sobre o selo, verão uma janela gerada automaticamente pela Certisign, contendo informações a respeito de seu certificado, assegurando-lhes que todas as transações com seu site serão encriptadas com a tecnologia SSL e que seu website é autêntico.

O Selo Site Seguro Certisign está disponível de forma totalmente gratuita para qualquer website protegido com um certificado SSL Certisign. Tanto o certificado Site Seguro como o Site Seguro Pro permitem a exibição do Selo Site Seguro Certisign em seu website.

O Selo Site Seguro Certisign é o último e mais avançado Selo desenvolvido pela Certisign, através de uma longa história caracterizada pela provisão de símbolos e marcas de confiança a seus clientes, informando à comunidade de Internet que os sites que estão visitando são protegidos.

O Selo Site Seguro Certisign traz um novo desenho. Esse desenho foi extensamente testado com uma amostra muito grande, tanto em quantidade como em variedade, de clientes on line de todo o mundo, tendo se mostrado eficaz em comunicar segurança e confiança, mais do que qualquer outra marca do mesmo segmento na Internet. Comparando esse selo com outras onze marcas, também muito populares na Internet, o Selo Site Seguro Certisign venceu com uma ampla margem de diferença na percepção de segurança, confiança, conformidade para a realização de compras on line e preferência geral dos clientes. As pessoas que fizeram parte da amostra também categorizaram a Certisign como a marca mais reconhecida de todas as que foram parte do estudo.

O Selo Site Seguro Certisign utiliza JavaScript e pode ser entregue pela Certisign com ou sem conteúdo Flash. O conteúdo Flash provê animação e é o preferido pela maioria dos clientes SSL da Certisign. Não obstante, se o seu website não suporta conteúdo Flash, a Certisign fornece-lhe também uma versão não-Flash do Selo. Por favor, consulte as Instruções de Instalação para maiores detalhes.

Você pode colocar e exibir o Selo Site Seguro Certisign em qualquer página dentro do domínio para o qual solicitou o seu certificado SSL da Certisign. Insira o Selo Site Seguro Certisign dentro do seu website toda vez que você queira que seus visitantes conheçam a autenticidade e segurança de seu site. Recomendamos que o Selo seja colocado em diferentes lugares do seu website:
Em sua página inicial, próximo à outras informações da web e parcerias
Na parte superior das páginas que tenham protocolo SSL habilitado, especialmente nos “carrinhos de compra” ou páginas de pagamento e confirmação de compra
Em todas as páginas onde você explica a seus clientes as medidas de segurança, proteção e privacidade on line que seu website lhes proporciona
Em qualquer outra localidade que considere conveniente
Para obter melhores resultados, coloque o Selo o mais acima possível, de modo que os visitantes possam vê-lo sem necessidade de mover a tela para cima. Coloque o Selo próximo aos botões “Comprar” e em outras localidades que possam associá-lo com as funcionalidades apropriadas de seu website.

Quando você adquirir um Certificado para Servidor Web da Certisign, você receberá, em menos de 24 horas, após a emissão do certificado, as Instruções de Instalação do Selo para seu website, que serão enviadas automaticamente ao destinatário de e-Mail do Contato Técnico que você registrou ao solicitar o certificado.

Visando maximizar o potencial de reconhecimento do Selo Site Seguro Certisign/VeriSign (e conseqüentemente o seu valor para quando ele for exibido em seu site), todas as versões mundiais do Selo contém a frase VeriSign Secured em inglês. Cada Selo também contém uma mensagem para clicar sobre o mesmo, para efeito de verificá-lo (Esse termo é verify, também em inglês). Essa mensagem está disponível em 30 idiomas diferentes. Se você prefere exibir a mensagem em um idioma diferente do que você está implantando, você deverá executar o download e instalar a versão que deseje a partir das Instruções de Instalação.

Não é permitido modificar o Selo Site Seguro Certisign de nenhuma forma. O Selo único e distinto é um símbolo de autenticidade e segurança para o seu website e qualquer modificação diminuirá o seu valor.

Por favor: envie seus comentários ao nosso departamento de Suporte Certisign:
Por telefone: (11) 3478 9444.
Por favor, registre qualquer mau uso que você conheça no endereço http://www.certisign.com.br/atendimento-suporte/contato/fale-certisign, ou ao departamento de Suporte Certisign:
Por telefone: (11) 3478 9444.

LICITAÇÕES

Sim, a Certidigi possui ata registradas junto a órgãos de diversas esferas.

Em primeiro lugar, é necessário saber se o órgão gestor da ata tem interesse em autorizar a adesão. Caso a resposta seja positiva, encaminhe a autorização do órgão gestor para o email: licit@certidigi.com.br para que possamos avaliar a possível condição de atendimento.

Os orçamentos para aquisições diretas devem ser encaminhados para licit@certidigi.com.br.

Os orçamentos para aquisições diretas devem ser encaminhados para sav@certidigi.com.br.

O portal de licitações é exclusivo para órgãos públicos. Para ser atendido, ligue para 11 3478-9444.

Encaminhe a solicitação para licit@certidigi.com.br, com informações sobre a finalidade da solicitação e licitação e número do pregão. Essas informações garantirão um atendimento mais rápido.

Encaminhe a solicitação para licit@certidigi.com.br, com informações sobre a finalidade da solicitação e licitação e número do pregão. Essas informações garantirão um atendimento mais rápido.

CONECTIVIDADE SOCIAL

Conectividade Social é um canal eletrônico de relacionamento. É moderno, ágil e seguro, facilmente adaptável ao ambiente de trabalho das empresas ou escritórios de contabilidade que desejam cumprir suas obrigações em relação ao FGTS. Cada usuário tem uma cesta de serviços adequada ao seu perfil, que lhe permite realizar transações eletrônicas no canal.

Atualmente, é possível fazer pelo canal diversas transações, como a transmissão do arquivo do Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (SEFIP) e da GRRF, visualizar e imprimir extratos, retificar incorreções cadastrais e comunicar o afastamento de empregados, dentre outras.

O Conectividade Social utiliza a Certificação Digital emitida no modelo ICP-Brasil, que confere ainda mais segurança, conveniência e praticidade ao canal.

Fonte: Caixa

Sim, desde que no momento da solicitação e validação tenha sido informado/apresentado o CEI ¿ Cadastro Específico do INSS.

Sim, desde que no momento da solicitação e validação tenha sido informado/apresentado o CEI ¿ Cadastro Específico do INSS.

O canal dispõe de diversas funcionalidades para os usuários, como a transmissão do arquivo do Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social – SEFIP, envio das informações relativas ao CAIXA PIS/Empresa, encaminhamento do arquivo da GRRF (Guia de Recolhimento Rescisório do FGTS), obtenção de extrato da conta vinculada aos trabalhadores, entre muitos outros.

Às empresas, escritórios de contabilidade, sindicatos, prefeituras, DRTs, instituições financeiras e outros entes, que se relacionam com o FGTS.

Os requisitos são:

 

  • Computador com 1 Gb de memória RAM e processador compatível com navegação em sites;
  • Acesso à Internet Banda Larga;
  • Software gestor de Certificação Digital instalado (fornecido pela Autoridade Certificadora);
  • Mídia ou periférico para leitura do Certificado Digital (leitora de cartão inteligente, token) com seus drivers devidamente instalados;
  • Complementos de software requeridos pelo canal da Conectividade Social (fornecidos gratuitamente, se necessário).

Se a Empresa possui um número de CNPJ válido para identificação da mesma, poderá utilizar um Certificado Digital de Pessoa Jurídica, no caso o e-CNPJ.

A empresa que não está obrigada a se identificar pelo CNPJ. Deste modo, você poderá utilizar um Certificado de Pessoa Física (e-CPF) para acesso a este serviço, porém será necessária a inclusão do número de identificação junto ao Cadastro Específico do INSS (CEI) no ato da compra de seu Certificado Digital.

Primeiramente o funcionário deverá acessar o sistema do Conectividade Social com um Certificado Digital padrão ICP-Brasil de pessoa física e se registrar.

Em seguida, o empregador deverá acessar o sistema com seu Certificado Digital e clicar na função “Procuração”, onde poderá outorgar poderes para seu funcionário, deixando assim responsável pelo acesso aos serviços do sistema do Conectividade Social.

Sim. Será necessário que a empresa de contabilidade possua um Certificado Digital ICP-Brasil (e-CPF ou e-CNPJ) para acesso aos serviços outorgados do Conectividade Social.

Sim. Lembrando que, como este acesso já foi outorgado para uma pessoa jurídica, este repasse só poderá ser realizado para até 4 pessoas físicas que possuam Certificados Digitais ICP-Brasil (e-CPF).

Poderá acessar o sistema da Conectividade Social nestas condições quem possuir um Certificado Digital de Pessoa Física (e-CPF), lembrando que os empregadores que não estão obrigados a se identificar pelo CNPJ, deverão necessariamente possuir o número de identificação junto ao Cadastro Específico do INSS (CEI) para inclusão no ato da compra do Certificado Digital ICP-Brasil.

É altamente recomendável a inclusão do número de seu NIS (PIS/PASEP/NIT) no ato da compra do Certificado Digital para acessar o Conectividade Social.

 

Lembrando que com a inclusão deste número na compra, este dado será confirmado na validação presencial do Certificado Digital mediante a apresentação de documento que comprove este dado.

 

Documentos aceitos para comprovação do PIS:

 

  • Extrato bimestral do FGTS, enviado pelos Correios à residência do trabalhador;
  • Consulta pelo próprio trabalhador de sua conta vinculada no âmbito do site da CAIXA na Internet, na presença da AC;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS (quando constar);
  • Cartão do PIS/PASEP;
  • Carteira de Identidade (quando constar);
  • Cartão do Cidadão;
  • Cartão da Bolsa Família (e outros benefícios sociais).

Não recomendamos a utilização deste Certificado Digital, pois o mesmo é exclusivo para emissão de notas fiscais eletrônicas.

Parceiros

Contato